Páginas

20 setembro 2009

Sobre o Software Freedom Day 2009 na UFF






No dia 19/09/09 foi realizado o evento Software Freedom Day na Faculdade de Engenharia da Uff e organizado por Leonardo Freitas, aluno do curso de Ciência da Computação e embaixador da Sun no Campus da UFF na praia vermelha. Onde tive palestras sobre vários assuntos de software livre como PHP, Python, Blender, OpenSolares e o tão esperado mini-curso de Java.
O evento começou às 9h e terminou às 19h e digo que foi um dia de sábado produtivo, pois teve a oportunidade de fazer várias amizades com os usuários de software livre e ir em palestras como a de Blender com o Fernando Ribeiro onde foi mostrado o programa para editoração 3D de forma leve e saudável. O Fernando mostrou um dos seus projetos com a MediaLab sobre desenvolvimento de jogos tanto para pc e iPhone. Posso falar que gostei muito e teve boa aceitação do público presente. Perguntei ao Fernando Ribeiro se um autodidata poderia junto com um livro poderia se dar bem com o programa. A resposta foi que começar assim é muito difícil e que "a relação de amor e ódio" seria mas ódio do que amor. Essa frase está em um dos slides da palestra onde ele relatou que teve essa relação quando encontrou o Blender pela primeira vez. Mas deu a impressão que ele usa muito o blender para desenvolver os seus projetos e disse que logo um dos seus jogos será comercializado.
A paletras sobre a Tv Digital terrestre que falou sobre o sistema adotado pelo Brasil e o middleware Ginga produto desenvolvido em centros de pesquisa e universidades brasileiras, cujo módulo responsável pela execução do Java TV é chamado de Ginga-J. Os palestrantes Magno A. Cavalcante e Clayton E. Chagas fizeram um revezamento muito produtivos e mesmo com termos técnicos todos participaram fazendo perguntas para os palestrantes. Fiquei muito feliz com o resultado pois deu para fazer como está o andamento da tv digital no Brasil e de que é feito esse novo sistema. Foi apresentados novos conceitos de ser fazer televisão onde o próprio Magno A. Cavalcante disse que você poder interagir com a tv de modo a comprar uma roupa que a atriz está usando e você digitar os dados do seu cartão e comprar a roupa. Quando foi perguntado sobre como está a adoção da tecnologia da tv digital brasileira mundo à fora, o Clayton E. Chagas disse que veêm com bons olhos e outros países estão interessado pelo sistema brasileiro como o Peru por exemplo. Foi um palestra muito produtiva.
Infelizmente não posso falar das palestras do Projeto OpenSparc, Descobrindo o OpenSolaris e Descobrindo o OpenSolaris onde estava nos mini-cursos que estavam no mesmo horário.
Falando sobre os mini-curso que dizer que tiveram uma hora e meia, mas foram boas para fazer a pessoa ter uma noção das linguagens que foram Python, C, Lua, introdução ao PHP e introdução ao Java.
Os mini-cursos que estive presentes foram do Python, PHP e do Java, pois o meu propósito é o desenvolvimento Web.
Começando com o Python apresentando pelo Álvaro Justene onde teve o laboratório de Computação da UFF lotado e boa parte não sabia o que era Python. Muitos alunos de Ciência da Computação ficaram surpresos com facilidade de inserção dos códigos em Python, mas acharam estranho o fato de não declarar uma variável e da identação e que muitas empresas usam a linguagem como a própria Google. 
No Coffee-Break tive conversando com o Álvaro sobre poucos saberem da linguagem Python e o mesmo me disse que por uma lado isso é bom, pois não há pessoas que cairam de para-quedas e sim por pessoas que gostaram da linguagem. Álvaro faz parte do grupo PythOnRio, onde organiza eventos sobre Python; utiliza, desenvolve, traduz e é responsável pelo grupo de usuários brasileiros do framework web2py (tirada a descrição do evento).
O mini-curso de introdução ao PHP onde tenho já conhecimento da linguagem, foi bastante descontraido com o Heraldo Borges onde teve uma boa desenvoltura para mostrar o PHP. Mostrou bem o conceito de lado servidor e cliente, falou sobre o Xampp e falou sobre os laços, funções e um pouco de Mysql. Muitos gostaram da inserção do código PHP junto com HTML. No final falou sobre SQL Injection. Todos gostaram do assunto. Mentes perigosas.
Já o mini-curso de Java, o mais aguardado por mim e por mais de 54 pessoas que estava presentes na sala. O mesmo palestrante de Tv Digital, Magno A. Cavalcante, nos deu a honra de falar sobre o Java. Foi um mini-curso muito descontraido e com um conteúdo rico em informação.
O mesmo chegou logo perguntado que os presentes queriam saber sobre e Java e perguntaram quanto ganha um programador Java. 
A palestra teve muitos vídeos onde deixou claro que todo ao nosso redor foi escrito em Java e que para aprender a linguagem precisa de dedicação e conhecer muito a linguagem, pois o mercado está carente de profissionais qualificados. Mostrou a diferença de JAVA SE, JAVAEE, JAVAME e JAVACARD onde respectivamente são: Java para desktops, Java para servidores, Java para celular e Java para cartão.
O evento foi finalizado no auditório da palestra e onde teve o sorteio de brindes como livros, camisas, bolsas da Sun, cd do OpenSolaris e do VirtualBox.
Os meus brindes foram o cd do OpenSolarism, VirtualBox e um "pano" para limpar a tela do monitor com o nome JAVA. 
Enfim um dia de sábado produtivo


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget